Resenha Bourjois Délice Bronzing Primer

quarta-feira, 15 de outubro de 2014


Quando comecei o meu vício por makes/blogs/Youtube, vi que o Bourjois Délice de Poudre Bronzing Powder (£8/R$75) era um favorito. Provavelmente por parecer uma barra de chocolate e cheirar como uma. O melhor dos dois mundos: comida e maquiagem. E para a minha wishlist ele foi. Até eu descobrir que ele tinha um pouco de brilho...

Não que brilho seja, necessariamente, uma coisa ruim. Mas eu prefiro usar um bronzer mate, que também sirva para fazer contorno (como disse aqui) e passar um iluminador acima do blush caso queira ficar iluminada. Assim, fiquei meio em cima do muro em comprar o tal bronzer da Bourjois em forma de tablete.

Acabei conhecendo o então lançamento Bourjois Délice Bronzing Primer, da mesma marca e com a mesma proposta de chocolate. Porém, cremoso e sem partículas de brilho. Recordando meu primeiro post no blog: "Descobriu o site da Sephora e, com ele, diversos produtos maravilhosos, com embalagens charmosas e uma cartela de cores, acabamentos e texturas de dar inveja ao estojo de lápis  de 120 cores da Faber-Castell". Ah, as texturas. Eu sonhava com a D&G The Foundation após vê-la aqui no Blog da Thássia. Literalmente. E eu nem sou tão fã de mousse. Mas aconteceu o mesmo com este bronzer cremoso. E eu precisava dele. Principalmente após saber de se tratar de um possível dupe para o famoso Chanel Soleil Tan de Chanel.


Não é lindo? Já disse que é cremoso? Que parece mousse de chocolate? E que tem cheiro de chocolate? É o tipo de produto que eu gosto de abrir de vez em sempre quando só para olhar (e cheirar). Mas deixa eu explicar melhor esta maravilha. Você deve ter percebido a palavra 'primer' no nome do produto. Sim, ele pode ser usado por baixo da maquiagem (ou mesmo sozinho) com o intuito de melhorar a textura da pele e uniformizá-la, fingindo aquela cor "fui para Caraguá (para os joseenses)/Riviera (para os paulistanos) no final de semana". Infelizmente, ainda não o usei desta maneira, pois não quero que o meu rosto fique mais escuro que o resto do meu corpo, mas atualizo vocês quanto a isto.


Como eu tenho usado o Bronzing Primer desde que ele chegou é para bronzear/contornar o rosto, da maneira que mostrei no post da Kim, mas geralmente só nas bochechas e um pouco nas têmporas (você pode vê-lo em uso aqui). Quando quero bronzear (não é tão definido), uso o pincel EcoTools Tapered Blush (resenha). Já para contornar (mais fino e definido) uso o Contour Brush da Real Techniques Core Collection ou um pincelzinho pequeno do Marcelo Beauty (parecido com aqueles que vêm nos box powders da Benefit), com o qual eu aplicava blush antigamente. 

A textura cremosa dele é uma delícia. Esfuma super fácil e rápido, mas como é super pigmentado e pega bem na pele, pouco produto já é mais que suficiente. Por enquanto tenho usado o que está na tampinha e encosto o pincel bem de leve. A cor dele é bem quente, quase um chocolate caramelo. Este tom não é o mais ideal para fazer contorno, que fica mais natural com bronzers mais neutros (para realmente parecer uma sombra), mas não dá o efeito que as gringas chamam de oompa-llompa (ou seja, cara laranja).

Deu pra perceber que eu gostei, né? Ele até esteve no Favoritos de Setembro! Super recomendo! Comprei na FeelUnique por £10, mas parece que todas as compras internacionais estão sendo taxadas (buááá).


Se interessaram por este produto? Ou não gostam de cheiro de comida na maquiagem?

Seja o primeiro a comentar