Resenha Shampoo Detox The Beauty Box

quarta-feira, 5 de novembro de 2014


Esta é a primeira resenha de um shampoo no blog! Já comentei sobre uns aqui e outros aqui, mas nunca tinha feito um post exclusivo. Como o Shampoo Detox The Beauty Box não é um shampoo qualquer, achei que merecia o spotlight.

Na minha primeira visita à loja física da The Beauty Box, estava atrás do álcool gel da marca própria (comprei, posso fazer resenha dele também) e minha irmã foi me acompanhar (sem paciência). Daí ela percebeu que tinha produtos importados, como o Shampoo Paul Mitchel que ela queria comprar. Mas ele estava "meio" caro, então mostrei umas opções mais em conta pra ela, como os da própria The Beauty Box.

Ela acabou escolhendo o Shampoo Detox (lê-se ditóx) que, como diz o nome, dá aquela desintoxicada nos cabelos. Talvez você esteja se perguntando: mas porque preciso fazer um detox no cabelo? O shampoo normal já não faz isso?

A embalagem não é super fofa?

Então...não! O shampoo que usamos diariamente (ou semanalmente...não sei como) deixa resíduos nos cabelos, especialmente se você não enxágua direito. Isto acontece também com máscaras de tratamento, leave-ins, sprays térmicos/fixadores, e óleos da vida. Além, é claro, da poluição que nos cerca (a menos que você more na roça, sô). O shampoo detox foi criado para remover tudo isto que acaba ficando no nosso cabelo e couro cabeludo!

Esta da The Buauty Box (marca do Grupo Boticário, como contei aqui) tem extrato de chá verde e vitamina E. O cheirinho de sorbet de chá verde é delicioso (apesar de eu odiar chá), tanto que meu pai elogiou o "perfume" que eu estava usando. Ele é transparente (todos deste tipo são) e mais líquido do que cremoso (mas não do tipo que escorre pela sua mão quando você está levantando-a para lavar o cabelo). Faz espuma suficiente (sou do tipo de pessoa que acha que não limpa se não faz espuma, além de embaraçar todo o cabelo).


A minha irmã ficou meio desapontada quando viu na embalagem que ele só era para ser usado uma vez por semana, sendo que ela estava à procura de um para todos os dias. Ela foi a primeira a usar e gostou. Depois foi a minha mãe e ela disse que o shampoo tinha feito a mão e o couro cabeludo dela arderem. Minha irmã zoou e disse que ela estava viajando. Usei e também não tive problema algum. Apesar da reclamação da minha mãe e da recomendação de uso na embalagem (vide foto abaixo), minha irmã passou a lavar o cabelo com ele umas duas/três vezes por semana. Quando disse que ia fazer resenha dele, ela contou que também tinha sentido a tal ardência e parou de usar por um tempo. Após um mês, usou novamente e sentiu dor no couro, como se estivesse queimado! 

Quando fiz a foto acima, fiquei de manhã até o banho à noite com ele na mão e não senti absolutamente nada. Se você for extremamente sensível, sugiro não comprar o shampoo então. Mesmo se não for, siga as recomendações da marca. Eles sabem do que estão falando! O shampoo abre as escamas da fibra capilar, deixando-o mais exposto a agressões externas e, por isso, deve ser usado com cautela. Se você tem progressiva ou coloração, fique esperta: o efeito sai mais rápido com o uso deste tipo de shampoo.


Por ser anti-resíduo, imaginei que fosse deixar o cabelo meio seco, então usei uma máscara de hidratação no lugar do condicionador. Mas ele não deixa não! A minha irmã, que tem cabelo oleoso, disse que ele o deixa "levinho e levantadinho". Provavelmente porque remove todo o produto acumulado que "pesa" o nosso cabelo para baixo. 

O shampoo, que foi vencedor do Prêmio de Beleza da Nova em 2013, custa R$27,90 e tem 300ml. Deve durar bastante tempo se usar apenas uma vez por semana mesmo. 


Você já tinha ouvido falar deste tipo de produto? Acha interessante ou desnecessário?

2 comentários:

  1. Adorei a resenha, o blog está lindo.

    www.maquiandopensamentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou, Larissa =)
    Obrigada!

    ResponderExcluir