Resenha Batom NARS Audacious Audrey

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015


Foi amor à primeira vista. A embalagem quadrada, a tampa magnética, as 29 opções de cores, as blogueiras o chamando de "o melhor batom EVER". O destino do NARS Audacious Lipstick era ficar anos na última linha do tópico 'batons' da minha wishlist (que está em ordem crescente de preço). Mas daí eu recebi um email com $15 off na Sephora USA e a minha prima estava vindo para cá. Era a minha chance. O difícil foi escolher apenas um.

Apesar de o preço ser próximo ao das marcas mais tops, o Audacious tem um look bem clean e minimalista. A embalagem é preta fosca com o nome da marca envernizado e o fecho é magnético (como os batons da chiquérrima Burberry) - ótimo para achar os grampos perdidos. Seu formato quadrado não é o mais ergonômico e confortável de segurar, mas quem se importa? Eu não. A bala também é 'pontuda', facilitando a aplicação enquanto o uso não arredondá-la. Assim como nos batons do Tom Ford, há o nome da marca timbrado no batom #luxo #nãoquerousarparanãoestragar.



A escolha da cor (nomeada através de mulheres que influenciaram a carreira do François) foi com base neste post aqui. A Temptalia escolheu Audrey (será que é a Hepburn?) como uma das cores mais 'únicas', e eu realmente não tinha nada igual na minha coleção. Ele é descrito como red currant. Confesso que estava confundindo com currEnt (atual) e pensei que fosse um vermelho moderno. Mas acabei de descobrir que é currAnt (uva passa) hahaha. A uva passa que eu conheço, entretanto, é bem mais roxa do que este batom. Audrey é um vermelho vinho, mais frio e menos vibrante do que meus outros batons vermelhos. Achei a cara do outono/inverno (apesar de eu estar usando no verão mesmo) e muito parecido com a cor Pantone 2015, a Marsala.


O batom é macio e desliza facilmente durante a aplicação, mostrando pigmentação total logo na primeira passada. Não evidencia eventuais peles e linhas dos lábios, mas passar hidratante antes é sempre bom! Devido a ingredientes como manteiga de karité e óleo de mamona, é possível sentir certa cremosidade e conforto nos lábios. A marca diz que o acabamento é satin (acetinado), mas eu diria que é mais cremoso (tipo o Cremesheen ou o Amplified da MAC).


Infelizmente, a duração não é muito superior a de outros batons cremosos/acetinados. Fica a marca do batom no copo/canudinho, mas ele continua digno durante o dia - até você terminar sua refeição e se olhar no espelho. Por falar em comida (ai, que fome!), não dá vontade de comer o Audacious. Ele mal tem cheiro (só se você enfiar o nariz, o que eu não recomendo)!

*Imaginem agora aquele cara dando notas para as escolas de samba o batom Audacious!* Preço: nota...3. Duração: nota...7. Cor, aplicação, pigmentação, acabamento e textura: nota...10. Recomendo e já quero mais - estou curiosa para saber se as cores claras também serão assim! Minha wishlist: Marisa, Julie/Brigitte (são quase idênticos!), Raquel, Barbara, Vanessa, Anita, Anna e Vivien. Veja este vídeo da Kathleen Lights, este da Shaaanxo e este post da Sephora para ver swatches em outras pessoas.

Eu comprei aqui por US$32 (~R$83), mas você pode comprar aqui ('apenas' 21 cores vieram para o Brasil) por R$120.


O que acharam do NARS Audacious? Foi para a sua wishlist?

Seja o primeiro a comentar