Férias em New York: Passeios com o New York City Explorer Pass

quinta-feira, 5 de novembro de 2015


Para mostrar que fiz mais além de compras em Nova York, escrevi dois posts sobre todos os passeios que fizemos lá. Quem está quebrado vai ter que esperar semana que vem, pois os passeios de hoje são todos pagos! Compramos o New York City Explorer Pass pois foi o que a minha irmã/guia turístico recomendou e estas foram as atrações que escolhemos...

TOP OF THE ROCK (link) - US$32

Nós fomos de manhã e, infelizmente, o tempo estava fechado. Ainda assim a vista é linda. Os highlights são o Central Park, o Chrysler Building e o Empire State Building (mas dava até para ver a região do nosso hotel, lá no Queens). Antes de subir, há uma sala com a história da construção e você pode tirar uma foto como aquela famosa dos pedreiros na viga (custa US$5). A primeira parada é no 67° andar e a segunda é no 69° (mas não deixe de ir no 70° por uma escada externa...é mais fácil para tirar fotos pois não tem vidro atrapalhando). É bom para quem tem medo de altura, pois dá para ver a vista sem ter que sair para o terraço.

EMPIRE STATE BUILDING (link) - US$32

Resolvemos ir neste mais tarde para vermos a cidade iluminada. Na verdade, entramos no prédio quando o sol estava se pondo e só chegamos lá em cima quando já estava noite. Não sei se é sempre assim ou se foi por causa do horário (o site recomenda ir entre às 8h e 11h para evitar multidão), mas a fila estava gigantesca. Para piorar, há sistema de segurança como o de aeroporto (tem que tirar cintos, sapatos e casacos e passar pelo raio-X). O andar é o 86° (você pode ir ao 102° se pagar mais US$20) e a vista é difícil para quem não quer ir ao terraço (as fotos saem com grades e não tem lugar para sentar/esperar). O espaço no terraço é bem apertado e você tem que ficar esperando as pessoas saírem para conseguir uma boa foto. A vista vale a pena, mas se você só puder/quiser ir em um, recomendo o Top of The Rock.

STATUE OF LIBERTY (link) - US$25

Um passeio que não pode faltar! Até é possível ver a estátua de outros pontos da cidade, mas ela fica tão pequenininha... A ferry é bem tranquila e a travessia é super rápida. Até tentei ir no andar de cima, que é aberto, mas estava ventando muito naquele dia. A ilha em si tem a estátua, um museu embaixo dela, uma lojinha de souvenir e uma lanchonete. É preciso pagar mais US$3 para subir os 354 degraus até a coroa da estátua (eu não fui). Não deixe de ir para descobrir porque a estátua ficou verde (ela não 'nasceu' assim)!

WHITNEY MUSEUM OF AMERICAN ART (link) - US$22

O menos conhecido, mais novo e meu preferido. O Whitney Museum é logo no final (ou seria começo?) do High Line Park e tem um desing super moderno que mistura concreto e cores vibrantes.  As obras são bem 'americanóides' e uma das mais interessantes, na verdade, é a própria cidade de Nova York, que pode ser fotografada através de suas grandes janelas e terraços. 

MUSEUM OF MODERN ART (MOMA) (link) - US$25

Acho que o MoMA era o museu com o qual eu estava mais animada (até mencionei aqui) pois era dele que a minha irmã mais falava. Na verdade ela falava mais da lojinha dele do que museu em si. E eu - pra variar - não comprei nada lá haha. Apesar de ter gostado mais do Whitney, curti o MoMA! É grandinho (seis andares), então eu tive que fazer vários pit stops. Vimos a exposição Painting and Sculpture I, com obras de Matisse, Monet e outros, a Picasso Sculpture (posso dizer que prefiro ele como pintor, não escultor) e muito mais! Se você for como a minha irmã, não deixe de ir na loja que fica no térreo do prédio do museu e na do outro lado da rua (tem uma mini Muji lá!). A fila para comprar o ingresso estava muito grande e como tínhamos o passe do NYC Explorer nem tivemos que passar por ela! Caso você não compre o passe, sexta das 16h às 20h é de graça.

GUGGENHEIM MUSEUM (link) - US$25

Fiquei meio desapontada com o Guggenheim. A parte da 'rampa caracol' estava fechada para a montagem de uma nova exposição (tanto que a entrada estava com desconto). A exposição principal era da colombiana Doris Salcedo e eu achei bizarra (provavelmente porque eu não entendo de arte). As telas do Kadinsky foram mais interessantes e coloridas (levei bronca por ter tirado foto) e há também a coleção Thannhauser, fixa e com obras de Monet, Picasso, van Gogh e outros.

METROPOLITAN MUSEUM OF ART (MET) (link) - US$25

Lembra quando eu disse aqui que NY era extra large e overwhelming? O MET (não confunda o museu com o time de baseball METS, que nem o Joey) foi um dos responsáveis por esta opinião. A minha irmã tinha dito que era grande e um labirinto, mas eu não acreditei nas palavras dela. A ficha só caiu quando entrei lá e peguei o mapa (veja aqui). Três andares, quase mil salas!!! Tem salas de vários tamanhos, mas digamos que cada uma tem cindo obras. São quase cinco mil obras. Eu fui com o meu pai à tarde e ficamos umas três horas. Isso dá uns dois segundos por obra! Resultado: meus pés doeram, meu pescoço doeu e eu nem lembro o que vi. Recomendo planejar a visita antes e ver só o que te interessa.

AMERICAN MUSEUM OF NATURAL HISTORY (link) - US$22

Este é outro que eu queria muito conhecer porque ele é o museu do filme Uma Noite no Museu. O problema é que eu não vi este filme, então ficava perguntando para o meu pai se isso ou aquilo tinha aparecido. Infelizmente fomos depois do almoço (às 15h) e não conseguimos ver tudo porque fechava às 17h. Este é o mais recomendado para quem tem crianças pois elas (e os biólogos, geógrafos, historiadores e paleontologistas como o Ross) são as que mais curtem! Eu gostei e iria novamente, com mais calma, mas confesso que esperava mais. Para ver as exposições especiais (ou seja, as mais legais, como o The Butterfly Conservatory e Spiders Alive!) é preciso pagar mais US$5 (eu não vi).

PASSEIO DE BIKE NO CENTRAL PARK (link) - US$45

Esteja preparado! Fisicamente, eu digo. Apesar de parecer plano, o passeio passa por leves subidas que cansam quem estiver fora de forma. Fomos em um dia super quente e - ALERTA TMI - transpiramos bastante haha! O guia não era dos melhores (falava muito baixo e era meio sem graça), mas conhecia o parque como ninguém e isso faz o passeio render. A foto do canto direito superior é o lago do filme O Pequeno Stuart Little e os prédios atrás são residência dos ricos e famosos.


Além destes passeios, também fizemos o Hop On Hop Off NYC Water Taxi (US$31). Fomos neste barquinho do Pier 79 para o Battery Park (para pegarmos o barco para a Estátua) e foi bem tranquilo e rápido. Eu e o meu pai compramos o Explorer Pass para 10 atrações por US$179, então tivemos uma economia de US$105. Como minha irmã e minha mãe já tinham ido há dois anos, compraram o de 7 atrações e economizaram US$57. Super recomendo para quem ainda não conhece Nova York! Quem quiser pode olhar os outros dois passes, o City Pass e o New York Pass, para ver qual o melhor negócio para você ;)

Seja o primeiro a comentar