Janeiro - Autoestima, suspense e costura

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017


Ano novo, vida nova. Ou quase. Ok, só o post de fim de mês mudou. Eu estava me sentindo muito limitada com as 20 frases. Nem sempre tinha 20 coisas interessantes para contar. Quase sempre trapaceava com uma frase em parênteses para explicar a principal. Então aproveitei o fim de 2016 para acabar com este formato. 

Mas eu ainda queria ter um espaço para documentar (e compartilhar) coisas que fiz, filmes que assisti, comidinhas que saboreei. Então no final de cada mês irei postar um misto de highlights, dicas e favoritos dos últimos 30 dias. Sei que muita gente vai ter preguiça de ler porque não é tão curto e dinâmico quanto as 20 frases, mas acho que será mais útil para vocês!


- Você não curte 'maquiagem de Instagram' (sobrancelhas marcadas, contorno exagerado, cílios postiços, etc etc.)?
- Acha a Rosie Huntington-Whiteley linda?
- Acha que pessoas como a Rosie não têm inseguranças como eu e você?

Então assista este vídeo aqui. A britânica Lisa Eldridge é uma maquiadora renomada, diretora criativa da Lancôme e tem um canal no YouTube. Com uma voz calma e sem usar expressões (slay, on fleek) e técnicas (strobing, baking) do momento, Lisa ensina maquiagens naturais que realçam ao invés de mascararem. Neste vídeo, ela maquia sua cliente e amiga Rosie Huntington-Whiteley. Depois de assistir, fiquei pensando 'além de linda, alta, magra, rica, bem casada e bem sucedida, a Rosie ainda é gente fina e tem ótima desenvoltura... #inveja'.

Resolvi ler os comentários e percebi que eu não era a única. Uma disse 'a vida não é justa', a outra foi mais longe 'isso me fez pensar porque eu ainda tento'. Outra questionou se ela tinha alguma insegurança, afinal 'ela é perfeita'. E a esta Lisa respondeu 'se tem uma coisa que eu aprendi trabalhando com modelos, atrizes famosas, amigas e pessoas comuns, é que TODO MUNDO tem inseguranças semelhantes - o jeito é abraçá-las (mas isso pode levar uma vida inteira)'. Nós (especialmente as mulheres) estamos tentando alcançar uma perfeição que é inalcançável. E estas tentativas só trazem mais frustração. Então vamos parar de tentar e ser gratas pelo que temos! Este é um dos meus objetivos do ano :)


Tenho que confessar que não sou a maior leitora de todos os tempos. Acho que tenho algum nível de déficit de atenção porque livros precisam ser muito interessantes para me prenderem por mais de um capítulo. Nos últimos anos, acabei trocando os romances adolescentes por livros de suspense. Afinal, o propósito do suspense é prender nossa atenção, certo? Mas para mim isso funciona mais em filmes do que em livros. Talvez eu esteja lendo os livros errados, talvez a minha imaginação não seja tão fértil, talvez seja aquela espiadinha no fim da página que diminui o suspense. Nos filmes, além de não ter espiadinha, há outros aspectos que entram em cena (literalmente): atuação, ambientação, música, pipoca rs.

Apesar disso tudo, semana passada vi o filme A garota no trem e senti menos suspense do que no livro, mas pode ser porque eu já sabia a história. Neste mês terminei o livro Que falta você me faz (droga, agora está R$25 a menos do que eu paguei) e adoraria que ele fosse para as telinhas do cinema! E vocês, sentem mais suspense lendo ou assistindo?


Outro dia a TV estava ligada no GNT e o programa que passava era o Desengaveta. Nele, a apresentadora Fernanda Paes Leme fuça o closet dos famosos e faz com que eles se desfaçam de algumas peças. Estas são vendidas no Enjoei e o dinheiro arrecado é revertido para o INCAvoluntário. O programa sempre dá dicas de customização, fala sobre marcas sustentáveis e assuntos relacionados a essa nova moda de consumir menos e melhor (outro objetivo meu para 2017!).

Neste episódio, falaram sobre o Ateliê Vivo, uma biblioteca pública de modelagens (vídeo). Funciona assim: você vai lá no sábado (fica no Bom Retiro, aqui em São Paulo), leva seu tecido (ou compra um lá), escolhe o molde de uma roupa (muitos deles doados por estilistas famosos) e senta para costurar! Não é super legal? Achei que a minha irmã (que fez curso de costura no ano passado) ia adorar, então #ficaadica para ela. Eu não tenho jeito para isso, mas ia adorar se a minha mãe fizesse uma sainha para mim, então #ficaadica para ela também rs. E para vocês também ;)


Quem não me segue no Insta (ou não acompanha minhas Stories) ainda não sabe que eu cortei o cabelo! Não estava mais aguentando ele comprido, mas não sei se o corte novo foi uma boa ideia com a atual rebeldia do meu cabelo. De qualquer forma, vocês poderão vê-lo no tutorial de quinta. Outro ponto relevante do mês é que hoje, penúltimo dia de janeiro, eu acordei mais cedo para caminhar no parque com a minha mãe! Estou há mais de dois meses sem ir à academia e a consciência pesou haha.


Quero saber sua opinião sobre estes tópicos e sobre este novo tipo de post, please =D 

4 comentários:

  1. Adorava o post com as 20 frases. Você mostrava um lado seu,que muitos desconhcem.Gostei dos seus propósitos para o ano novo. Espero que consiga alcançá-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também espero :)
      Quem sabe eu não faço um '2017 em 20 frases' no fim do ano!

      Excluir
  2. Antes de tudo preciso dizer: Mulher que escrita é essa ?! Amei ❤ hahaha. Você escreve de um jeito leve que a gente sente que é verdadeiro sabe? Parece até que estamos conversando cara a cara rs... coisa que é muito difícil de conseguir somente com a escrita, então arrasou! hahaha.
    Gente e essa Lisa? Me passa a receita pra ser assim mulher! rsrs... Porque vamos combinar que ser DIRETORA criativa da LANCÔME, maquiadora RENOMADA, ter um canal no Youtube e ser BEM CASADA não é para qualquer uma! hahahaha. Andei stalkeando o resto do blog e amei <3 Super esperando o post de Fevereiro hahaha.
    Blog Mulher de Salto Fino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stefany, fiquei MUITO feliz com seu comentário! Que bom que você gostou do jeito que eu escrevo =D
      E, sim, a Lisa é mara! Mas não sabia que ela era bem casada. Quem é o partidão rs?

      Excluir