Resenha The Ordinary Squalane Cleanser

27.4.20


Depois de experimentar o Óleo Demaquilante Caudalie, o segundo cleansing oil (óleo de limpeza) que usei na vida, quis testar uma versão em balm (bálsamo). Como escrevi na Wishlist de Beleza e na Wishlist Black Friday 2019, minha ideia era comprar o mais famoso deles, o coreano Banila Co Clean it Zero. Mas nem pestanejei em trocá-lo pelo canadense The Ordinary Squalane Cleanser quando minha amiga perguntou se eu queria algo de lá. Além de ter usado e gostado do 100% Plant-Derived Squalane da marca, o cleansing balm com este mesmo óleo é mais barato e prático do que o da Banila.

EMBALAGEM | O tubo do Squalane Cleanser está longe de ser chique ou fofo, mas é ótimo para viajar e mais higiênico do que potes onde você precisa colocar o dedo! Um pump seria ainda mais prático, mas ter que abrir a tampa de flip-top não atrapalha em nada a aplicação e não faz sujeira alguma. O tubo é de plástico, então será fácil cortá-lo quando estiver acabando. Ele está disponível em duas versões, uma de 50ml e a minha de 150ml e tem validade de apenas 6 meses após aberto.


FÓRMULA e PROMESSAS | A The Ordinary diz que ele é "formulado para remover maquiagem enquanto deixa a pele suave e hidratada". Além do óleo de squalane, a fórmula contém "outros ésteres lipofílicos, que são gentis, hidratantes e eficientes em dissolver maquiagem e impurezas da pele e em aumentar a espalhabilidade do produto". Quando a textura muda de balm para óleo, os ésteres de sacarose emulsificam o que foi dissolvido com água e tudo isso sai facilmente quando é enxaguado. A fórmula é não comedogênica e não tem sabão, podendo ser usada por todos os tipos de pele.

FRAGRÂNCIA | Existe cleansing oil cheiroso no mercado? O Squalane Oil da marca não tinha cheiro, mas este, apesar de não ter fragrância, tem um leve cheiro que me lembra produto manipulado. Não é cheiroso, mas some após o enxágue.


TEXTURA e APLICAÇÃO | Ele parece mais um creminho do que um balm e eu uso uma quantidade similar a que a marca recomenda aqui. Coloco na mão, esfrego uma na outra para ele esquentar e se tornar um óleo e então massageio no rosto seco. É mais prático do que cleansing oil pois não é líquido e não escorre entre os dedos. Parece que não vai ser suficiente, mas é só continuar massageando que ele rende mais. Depois molho as mãos, massageio no rosto e vou retirando o produto. Ele sai com mais facilidade e menos esforço do que o da Caudalie e os olhos não embaçam nem ardem. 

EFICÁCIA | No quesito remoção de maquiagem, eu teria dito que ele é excelente. Até ter usado meus produtos mais resistentes para fazer a foto abaixo. Ele teve dificuldade em remover o Clinique Pretty Easy Liquid Eyelining Pen (resenha). Na hora que emulsifiquei com água saiu mais, mas não completamente. Também ficou um manchadinho do Stila Crush Lip and Cheek, mas ambos ainda saíram mais do que com o Óleo Demaquilante Caudalie. De qualquer forma, é suficiente para a maquiagem que uso no dia-a-dia e conseguiria remover tudo da foto abaixo se eu colocasse mais produto e continuasse massageando.


Gosto que após remover o Squalane Cleanser com água, não sinto nenhum resíduo oleoso. Sinto a pele limpa e suave ao toque, sem estar repuxando. Como uso mais como um demaquilante, gosto de fazer a dupla limpeza (double cleansing), seguindo com um limpador só para garantir. Mas se fosse viajar, poderia levar só ele, tanto para limpar o rosto de manhã quanto para remover a make e limpar o rosto à noite.


O The Ordinary Squalane Cleanser está disponível no site oficial da marca por 10 USD o de 50ml ($0,2/ml) e 23 USD o de 150ml ($0,15/ml). Eu comprei o meu na Black Friday por R$62 (com imposto canadense incluso). Também é possível comprá-lo na Sephora USA, na Cult Beauty, na Beauty Bay e em lojinhas do Ebay e Instagram. Eu ainda tenho uma pulguinha atrás da orelha de experimentar o Clean it Zero ou, melhor ainda, encontrar um cleansing oil/balm mais acessível (em termos de preço e facilidade para comprar), mas eu adorei o Squalane Cleanser! A embalagem pode não ser a mais fofa (mas é prática) e o cheiro pode não ser o mais gostoso (mas é aceitável), mas ele não arde os olhos, remove bem a make que eu uso, sai com facilidade e não deixa resíduo. Por enquanto, estou achando o rendimento bom, mas atualizo esta info quando terminar de usar!


Vocês conheciam este produto da The Ordinary? Conhecem outro cleanser neste mesmo formato?

Você talvez goste

1 comentários

  1. A maquiagem é uma arma indispensável na mão de qualquer mulher que além de empoderar,
    ajuda na autoestima e na autoconfiança, conquistar a independência de se maquiar sozinha é um sonho.
    https://bit.ly/aprenda-maquiagem-hoje-mesmo

    ResponderExcluir

Siga no Pinterest

Curta no Facebook